sábado, agosto 19, 2006

Grande vulto da nossa cultura


Há dias, li a coluna de Eduardo Prado Coelho (EPC) no PÚBLICO. Dizia ele que tinha estado no eco-resort da Praia do Forte, perto de Salvador da Bahia, enaltecendo a qualidade das condições naturais, do SPA, das massagens, do mar e da animação.
EPC, esse grande - enorme! - intelectual de esquerda, acabava por referir, a certa altura, que tinha regressado mais tarde a esse resort e dava conta, com desagrado, do aumento dos Clientes Portugueses.
EPC faz-me lembrar aqueles grandes democratas para quem o Povo é uma entidade mítica, sublime e sábia - mas que cheira mal, é ignorante e tem piolhos. Para EPC, dá ideia que o 25 de Abril foi, à distância, uma coisa excelente, cheia de coisas francesas - Liberdade, Igualdade, Fraternidade! - mais a Democracia, e a Cultura, mas que depois, ao esmiuçar-se um pouco mais os seus sentimentos, se há-de queixar em como o 25 de Abril só contribuiu para aumentar o número de carros, piorar o trânsito, perigar o acesso à Universidade aos bem-nascidos, dificultar a contratação de empregadas domésticas, encher as estâncias de férias do Brasil!
Note-se que ele não explicita o que o desagradou no facto de encontrar mais Portugueses, nem aquilo em que ele considera que os Clientes Brasileiros - ou de outras nacionalidades - sejam melhores que os Portugueses. Fica apenas a indelicadeza, a infantilidade e a piada parvinha desse grande vulto da nossa cultura. Tss tss...

Etiquetas: , , ,

4 ComentÁrios:

Blogger Pedro disse...

Tem piada que ainda há dias li a coluna dos Clientes Portugueses desse mesmo resort e olha que os gajos também estavam aborrecidos, mas com o aumento dos Eduardos Prados Coelhos em tronco nu e ensopados em óleos de massagem.

20 agosto, 2006 20:05  
Blogger Rantas disse...

Bem visto :)

20 agosto, 2006 23:24  
Blogger Varanda disse...

O Eduardo, o Eduardo, a perfeita definição de intelectualóide.
O homem cujo maior mérito é ser filho do pai dele, o Jacinto, que não teve culpa de ser pai desta ameba.
Tanta estalada naquele focinho...

21 agosto, 2006 11:11  
Anonymous Anónimo disse...

Já a menina Joana Amaral Dias, há pouco tempo, afirmou que não revelava as esconsas praias que costuma frequentar para que o pessoal lá não acorresse em massa.

21 agosto, 2006 12:44  

Enviar um comentário

<< Home