sexta-feira, novembro 18, 2005

As desculpas da gerência


No poste anterior referi um determinado boneco como sendo amariconado. Reparei agora que não fui rigoroso. Atente-se, pois: no caso dos Teletubbies, é uma tentativa estéril, totalmente condenada ao fracasso, discutir qual deles o é mais, uma vez que todos o são.
É como discutir quem é mais abichanado: o Joaquim Monchique ou o Herman. Exercício inglório!
Ou enfim, discutir qual dos candidatos à Presidência é mais profissional, se o Cavaco se o Mário. Não vale a pena. Se é para ir por aí, discuta-se não o "político profissional" mas sim o profissionalismo, o gosto e o brio com que cada um deles exerce a sua profissão - de forma mais ou menos honesta, num caso, de uma forma completamente encapotada e dissimulada, no outro.

Etiquetas:

4 ComentÁrios:

Anonymous Anónimo disse...

Rantas,
estou quase de acordo contigo; só acho que o Cavaco não é mais ou menos honesto; é honesto. ponto.
de resto tudo aquilo que seja para falar mal do soares, conta comigo.

18 novembro, 2005 18:53  
Blogger lam75 disse...

Rantas,
estou quase de acordo contigo; só acho que o Cavaco não é mais ou menos honesto; é honesto. ponto.
de resto tudo aquilo que seja para falar mal do soares, conta comigo.
(desculpa ter ido como anónimo, mas sou novo nestas andanças)

18 novembro, 2005 18:58  
Blogger Rantas disse...

Ò meu caro amigo, seja benvindo! É tão raro receber visitas - mais raro ainda de cavaquistas :)

18 novembro, 2005 23:47  
Blogger manolo disse...

Tenho mais razões para votar Cavaco que em Soares ou Alegre. (Louçã e Jerónimo não entram). O sinal transmitido pelo Cavaco é mais positivo para Portugal. Embora reconheça que Soares não seria mau presidente, não gostei particularmente da sua postura ultimamente. Pelo contrário, embora não simpatize com o homem, (o que dificulta um pouco) acho que é preferível o Cavaco presidente

19 novembro, 2005 20:51  

Enviar um comentário

<< Home