quinta-feira, novembro 16, 2006

Maldita massificação!


Os canais de televisão que vejo em casa reduzem-se praticamente à Fox Life, Sport TV e Panda. Isso tem um lado bom e um lado mau (ooops, isto assim já parece um editorial do Arquitecto Saraiva! Peço-vos que não liguem a este dislate da minha parte, o post segue dentro de momentos).
O lado positivo desta particularidade é que cá em casa ficamos isentos de fenómenos que afectam toda a sociedade portuguesa - Big Brother, Quinta das Celebridades, Morangos com Açúcar, Floribella.
O lado negativo é que torna-se mais difícil acompanhar as conversas dos taxistas sobre os Grandes Temas do Mundo, como por exemplo o casal que foi atropelado mortalmente nos Olivais, à frente dos filhos (desculpem se não sei mais detalhes, mas entretanto o táxi chegou ao destino e pareceu-me mal continuar na palheta à porta do meu trabalho).
O pequeno gnomo, naturalmente, está sujeito a determinadas influências da globalização (o incontornável Noddy, o esforçado Bob o Construtor, o Ruca, etc), mas não tem acompanhado a febre da Guerra de Audiências entre a TVI e a SIC - ou assim pensava eu, até que o ouvi cantar a música da Floribella. Parece que na carrinha do colégio que o traz para casa, não se ouve outra coisa. Maldita massificação!

Etiquetas: , ,

6 ComentÁrios:

Blogger Varanda disse...

Acho que tens que pensar seriamente em tirar a carta...

17 novembro, 2006 07:47  
Blogger El Ranys disse...

Grande queque ;-)

17 novembro, 2006 11:23  
Blogger A disse...

Para quem se arma em telespectador elitista da tanga, ao ver apenas a TVI americana, o canal dos Oliveiras azulados e os desenhos animados mais grunhos do planeta, não se podia esperar outra coisa. Coitado do miúdo...

17 novembro, 2006 18:28  
Blogger Rantas disse...

Há uns dias, o El Ranys comentou a imbecilidade de um determinado comentário.
Na altura, considerei que a reacção do meu co-blogger foi desproporcionada. O comentário em causa não era muito feliz, de facto, mas entendi que não devemos tratar mal as visitas do blog, principalmente as que se dão ao trabalho de comentar.

A este último comentário proveniente deste tal "a" ("a" de abécula, "a" de aborto, "a" de "ambecille") devo uma mudança de opinião. Realmente, há alturas em que se justifica tratar mal certos idiotas que por vezes aqui passam e deixam uns arrotos em forma de comentário.

Ainda pensei em responder às alarvidades, mas não têm ponta por onde pegar.

Abençoados os pobres de espírito, porque deles será o Reino dos Céus. Comigo não contem, não gosto deste tipo de companhias.

17 novembro, 2006 21:22  
Blogger Varanda disse...

Acho que tens que pensar seriamente em tirar a carta...

17 novembro, 2006 22:06  
Blogger Rantas disse...

Muito bem visto, Varanda!

;D

17 novembro, 2006 23:32  

Enviar um comentário

<< Home