sábado, outubro 28, 2006

Memórias da adolescência - Matchpoint


O ZX Spectrum já foi alvo de uma posta do Ranys, mas volto a ele através de uma memória mais específica - o Matchpoint!
Cinco teclas (esquerda, direita, cima, baixo e "raquetada"), que ocupavam as duas mãos numa metade do teclado - na outra estava o nosso oponente - e eis um jogo que consumiu horas e horas de ócio.
À conta do Matchpoint, ainda há quem me conheça melhor pelo cognome "Mats Wilander" do que pelo meu nome próprio. Estou a falar, naturalmente, do Ivan Lendl...
Os Campeonatos eram renhidos e disputados ponto a ponto, set a set. Subidas à rede, batidas do fundo do court, bolas com efeito, aces, valia tudo.
Denuncio alguns dos meus comparsas - o Harpic (John McEnroe), o Manolo (Yannick Noah), o Alex (Jimmy Connors). Ranys, tu eras o Boris Becker, não eras? Ou era o Urubex?
A propósito - o que é feito do Lendl?

Etiquetas: , ,

2 ComentÁrios:

Blogger El Ranys disse...

Não sei bem quem era, mas não era grande espingarda. Talvez o Nuno Marques.

29 outubro, 2006 02:16  
Blogger Houdinni disse...

JA-SUS!
Dos primeiríssimos!
Isso veio ao mesmo tempo que o paint e outros joguinhos da verdadeira pré-históri... :)

30 outubro, 2006 12:06  

Enviar um comentário

<< Home